Candidatura por Gênero na eleição 2020: Eleições 2020, PL 1984/2019

Como em 2020 existirá mais uma etapa democracia brasileira, com a chegada da eleição para Prefeitos e vereadores municipais, uma nova PL está sendo votada na Câmara dos Deputados para que nesta eleição, seja feita a candidatura por gênero na eleição 2020. Com a candidatura por gênero na eleição 2020, esperasse que a mulher consiga ter um maior papel a ser cumprido no cenário político brasileiro.     

candidatura por gênero na eleição 2020

Candidatura por gênero na eleição 2020

Veja o texto abaixo para entender melhor sobre a PL que quer aumentar para 50% o número de mulheres na eleição 2020 e a atual PEC!

Candidatura por gênero na eleição 2020

Atualmente, já existe em vigor uma Lei Federal da qual faz ser necessário que cada partido ou coligação no Brasil, tenha no mínimo, 30% de mulheres disputando vagas nas eleições.

Porém, mesmo com esta Lei, alcançar este número é algo bastante difícil para os partidos, uma vez que infelizmente não existam tantas mulheres interessadas em participar, e quando existem, acabam ficando de lado.

Para transformar esse cenário, o senador Fabiano Contrato (Rede-ES), decidiu propor a PL 1984/2019, da qual exigirá que pelo menos existam 50% de mulheres em cada partido ou coligação em disputa de cargo político em todas as eleições vindouras, passando assim, ter uma votação em maior parte por candidatura por gênero na eleição 2020.


Aumento de 30% para 50% nas candidaturas por gênero

Está Lei já está em vigor em todas as eleições posteriores desde 1997, porém, mesmo com todos os partidos sendo obrigados por Lei Federal a terem 30% de seus candidatos sendo mulheres, a realidade ainda é outra.

Muitas dessas mulheres que se candidatam pelos partidos ou coligações, acabam sendo escanteadas pelo próprio partido, uma vez que elas servem apenas para cumprir esse número mínimo, por isso, é tão importante aumentar o número e dessa forma, fazer cm que aconteça a candidatura por gênero na eleição 2020.

Para mudar isso a PL 1984/2019 pretende que todos os partidos sejam obrigados a darem metade das vagas de seus candidatos para as mulheres, para que desta forma, seja inviável deixar as candidatas de lado.

candidatura por gênero na eleição 2020

Dessa forma, além das mulheres obterem uma maior atenção na eleição 2020, elas também poderão ter um maior espaço decisivo nesta votação, assim, podendo mudar o resultado Eleições 2020.


O que significa a candidatura por gênero na eleição 2020

De forma bastante simples, esta PL da qual está sendo votada agora na Câmara dos Deputados, nada mais é do que a tentativa de trazer um maior número de mulheres para o cenário político brasileiro.

A pouco tempo, já tivemos uma mulher assumindo o cargo da presidência, desta forma, é notável que o gênero feminino está cada vez mais tomando lugar na política, o que deve ser estimulado cada vez mais.

Caso esta PL seja aprovada de fato pelos Deputados Federais em Brasília, a partir das eleições 2020, todas as coligações deverão lançar mulheres e homens para disputarem os cargos de forma igualitária.

Ou seja, se existir 100 vagas a serem disputadas por um partido, 50 destes candidatos serão homens, e 50 serão mulheres, desta forma, deixando mais igualitário o número de mulheres a concorrerem a cargos.

candidatura por gênero na eleição 2020


Falta de mulheres na política

Recentemente, houve a PEC do fim das coligações, com a sua aprovação, ficou ainda mais complicado para os partidos poderem lançarem novas candidatos a cargo, já que perderam bastante de sua força política.

fim das coligações eleições 2020 também irá agravar caso a PL 1984/2019 seja aprovada, pois os partidos não terão em suas sedes, um número suficiente de mulheres para poder concorrer já nestas eleições.

Algo que está fazendo com que todos os partidos atuais literalmente saiam em busca de mulheres que estejam dispostas a participar da corrida eleitoral para candidatos a Prefeito 2020 e candidatos a Vereador 2020.

O que nada mais mostra como antes desta PL, os partidos não se importavam tanto com a participação feminina nas eleições, algo que agora deverão correr atrás para se redimir, já que na próxima eleição já poderá entrar em obrigatoriedade a candidatura por gênero na eleição 2020.

Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 7

Candidatura por Gênero na eleição 2020: Eleições 2020, PL 1984/2019